O ritual da comunicação e o ritual do consumo: novas tribos, novos rituais

Susana Silva, Andreia Galhardo, Rui Torres

Resumo


Este artigo aborda a condição dos objectos enquanto signos produzidos pelodiscurso publicitário, promovendo uma reflexão sobre as relações que se estabelecementre comunicação, consumo e publicidade. Nas sociedades contemporâneas, os objectosexcedem as suas características funcionais para se revestirem de tecido simbólico,transportando significados e valores que se projectam nas relações sociais e na ideologiaque orienta a actuação do indivíduo no mundo. Alargada e adaptada aos mais diferentessuportes desta cultura mediática, a publicidade equipara-se a uma forma de religiãoperante as novas tribos do consumo, elevando meros produtos a objectos mágicos etransformando rituais de aquisição em rituais de comunicação. Neste jogo simbólico,os objectos surgem plenos de valor identitário, representando socialmente o indivíduo ecolocando-o perante as múltiplas imagens do consumo e de si mesmo.

Palavras-chave


comunicação; consumo; publicidade; significado

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17231/comsoc.19(2011).913

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

 

 

 

 

 

...............................................................................................................

 

.:: LASICS ::.
Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Universidade do Minho, campus de Gualtar
4710-057 Braga - Portugal

Revista Comunicação e Sociedade
ISSN 2183-3575 (online)
ISSN 1645-2089 (print)
Prefixo DOI: 10.17231