Números#1

Tendência para decréscimo gradual do número de cursos de 1.º ciclo

Um indicador que é habitualmente tomado por referência quando se debate a formação em Jornalismo é o número de cursos superiores que formam futuros jornalistas. Uma avaliação desde 1996/1997 revela uma época de crescimento constante até aos “anos de Bolonha” (2006/2007 e 2007/2008), seguida de um período de estabilização e algum decréscimo, lento mas consistente, uma tendência que deverá permanecer nos próximos anos.

cursos1415

A contabilização dos cursos incorpora o ensino superior politécnico e universitário; privado e público. Foram considerados os cursos que integram o “jornalismo” ou o exercício da profissão de “jornalista” no seu “perfil de formação” ou nas “saídas profissionais” (a partir do que cada curso publica no respectivo site), independentemente do peso da componente de Jornalismo no seu plano de estudos.

Os dados de 1996/1997 foram deduzidos a partir do trabalho mais abrangente (área da Comunicação) de Mário Mesquita e Cristina Ponte, que pode ser consultado aqui. Para contabilizar os cursos nos restantes anos lectivos, foi consultado, a cada ano, o site da DGES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>